Fechar
Socilitações

Política de Cookies

Seção 1 - O que faremos com esta informação?

Esta Política de Cookies explica o que são cookies e como os usamos. Você deve ler esta política para entender o que são cookies, como os usamos, os tipos de cookies que usamos, ou seja, as informações que coletamos usando cookies e como essas informações são usadas e como controlar as preferências de cookies. Para mais informações sobre como usamos, armazenamos e mantemos seus dados pessoais seguros, consulte nossa Política de Privacidade. Você pode, a qualquer momento, alterar ou retirar seu consentimento da Declaração de Cookies em nosso site.Saiba mais sobre quem somos, como você pode entrar em contato conosco e como processamos dados pessoais em nossa Política de Privacidade. Seu consentimento se aplica aos seguintes domínios: beteghelli.com.br

Seção 2 - Coleta de dados

Coletamos os dados do usuário conforme ele nos fornece, de forma direta ou indireta, no acesso e uso dos sites, aplicativos e serviços prestados. Utilizamos Cookies e identificadores anônimos para controle de audiência, navegação, segurança e publicidade, sendo que o usuário concorda com essa utilização ao aceitar essa Política de Privacidade.

Seção 3 - Consentimento

Como vocês obtêm meu consentimento? Quando você fornece informações pessoais como nome, telefone e endereço, para completar: uma solicitação, enviar formulário de contato, cadastrar em nossos sistemas ou procurar um contador. Após a realização de ações entendemos que você está de acordo com a coleta de dados para serem utilizados pela nossa empresa. Se pedimos por suas informações pessoais por uma razão secundária, como marketing, vamos lhe pedir diretamente por seu consentimento, ou lhe fornecer a oportunidade de dizer não. E caso você queira retirar seu consentimento, como proceder? Se após você nos fornecer seus dados, você mudar de ideia, você pode retirar o seu consentimento para que possamos entrar em contato, para a coleção de dados contínua, uso ou divulgação de suas informações, a qualquer momento, entrando em contato conosco.

Seção 4 - Divulgação

Podemos divulgar suas informações pessoais caso sejamos obrigados pela lei para fazê-lo ou se você violar nossos Termos de Serviço.

Seção 5 - Serviços de terceiros

No geral, os fornecedores terceirizados usados por nós irão apenas coletar, usar e divulgar suas informações na medida do necessário para permitir que eles realizem os serviços que eles nos fornecem. Entretanto, certos fornecedores de serviços terceirizados, tais como gateways de pagamento e outros processadores de transação de pagamento, têm suas próprias políticas de privacidade com respeito à informação que somos obrigados a fornecer para eles de suas transações relacionadas com compras. Para esses fornecedores, recomendamos que você leia suas políticas de privacidade para que você possa entender a maneira na qual suas informações pessoais serão usadas por esses fornecedores. Em particular, lembre-se que certos fornecedores podem ser localizados em ou possuir instalações que são localizadas em jurisdições diferentes que você ou nós. Assim, se você quer continuar com uma transação que envolve os serviços de um fornecedor de serviço terceirizado, então suas informações podem tornar-se sujeitas às leis da(s) jurisdição(ões) nas quais o fornecedor de serviço ou suas instalações estão localizados. Como um exemplo, se você está localizado no Canadá e sua transação é processada por um gateway de pagamento localizado nos Estados Unidos, então suas informações pessoais usadas para completar aquela transação podem estar sujeitas a divulgação sob a legislação dos Estados Unidos, incluindo o Ato Patriota. Uma vez que você deixe o site da nossa loja ou seja redirecionado para um aplicativo ou site de terceiros, você não será mais regido por essa Política de Privacidade ou pelos Termos de Serviço do nosso site. Quando você clica em links em nosso site, eles podem lhe direcionar para fora do mesmo. Não somos responsáveis pelas práticas de privacidade de outros sites e lhe incentivamos a ler as declarações de privacidade deles.

Seção 6 - Segurança

Para proteger suas informações pessoais, tomamos precauções razoáveis e seguimos as melhores práticas da indústria para nos certificar que elas não serão perdidas inadequadamente, usurpadas, acessadas, divulgadas, alteradas ou destruídas.

Seção 7 - Alterações para essa política de privacidade

Reservamos o direito de modificar essa política de privacidade a qualquer momento, então por favor, revise-a com frequência. Alterações e esclarecimentos vão surtir efeito imediatamente após sua publicação no site. Se fizermos alterações de materiais para essa política, iremos notificá-lo aqui que eles foram atualizados, para que você tenha ciência sobre quais informações coletamos, como as usamos, e sob que circunstâncias, se alguma, usamos e/ou divulgamos elas. Se nosso site for adquirido ou fundido com outra empresa, suas informações podem ser transferidas para os novos proprietários para que possamos continuar a vender produtos e serviços para você

Beteghelli Contabilidade

CONTADOR ELEITORAL - Eleições 2022: contador tem papel fundamental no processo eleitoral e consolidação democrática

20 de junho de 2022
Contábeis

O profissional da contabilidade tem um papel fundamental em um dos momentos mais emblemáticos da democracia do país: as eleições. Neste ano, a categoria tem uma importância histórica no auxílio da seleção do novo presidente da República, Governadores, Senadores e Deputados Federais e Estaduais. 

O contador é um dos especialistas que terá a responsabilidade de realizar todo o controle e prestação de contas dos candidatos e partidos políticos, o que exige conhecimento aprofundado em contas eleitorais e em toda a complexa legislação específica.

A demanda é enorme e,para se ter uma ideia, no último pleito do mesmo porte, em 2018, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou a candidatura de 29.085 postulantes aos cargos executivos e legislativos, sendo que quase 10% deles tiveram a tentativa indeferida (sendo os gastos e gestão ilícita de recursos um dos motivos pela impugnação ou cassação da candidatura). 

Ou seja, a busca por profissionais com conhecimentos na área já se mostra intensa, principalmente porque o período de arrecadação por financiamento coletivo – as chamadas “vaquinhas virtuais” – está ativo desde o último dia 15 de maio.

“Essa modalidade de arrecadação foi estabelecida em 2017 e utilizada já na eleição de 2018. Nesta terceira oportunidade de uso, candidatos e seus contadores estão ainda mais atentos às suas particularidades e regras de prestação de contas”, avalia o presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Aécio Prado Dantas Júnior.

A ferramenta se consolida como uma das principais fontes de recurso das campanhas, em conjunto com as doações de pessoas físicas e os recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, que, segundo o TSE, tem previsão de R$ 4,9 bilhões neste ano. 

Em 2018, na estreia das vaquinhas virtuais, foram arrecadados quase R$ 20 milhões por meio de financiamento coletivo; em 2020, R$ 15,8 milhões.

Como as vaquinhas virtuais têm regras específicas, como a contratação de empresas listadas pelo TSE para intermediar a operação, a prestação de contas ganha um peso enorme. 

E é aí que entra o profissional da contabilidade, com seus conhecimentos legais e aprofundados sobre a operação. 

“Destaco a necessidade de lançamento individual pelo valor bruto na prestação dos candidatos e partidos, o registro das taxas cobradas pelas instituições arrecadadoras como despesas de campanha eleitoral, bem como a disponibilização em site da lista com a identificação dos doadores e das respectivas quantias doadas, a ser atualizada instantaneamente a cada nova contribuição”, explica o presidente do CFC.

Por outro lado, levando em consideração que boa parte dos recursos de campanha são oriundos de verbas públicas, sua arrecadação e prestação de contas deve ser realizada de forma idônea e transparente. 

Até por isso o profissional da contabilidade deve ser um dos principais integrantes das equipes estratégicas dos candidatos, agindo com ética em prol do sucesso do trabalho do candidato sem perder de vista o interesse público e a coletividade. 

Esse trabalho se estende até o período pós-eleitoral, quando são entregues à Justiça Eleitoral os dados das campanhas de forma detalhada, evidenciando toda a trajetória da arrecadação e aplicação de recursos, de modo a comprovar que todo o processo ocorreu com lisura e conformidade. 

Segundo o presidente do CFC, o profissional da contabilidade tem, nesse contexto, um papel de protetor da sociedade ao assegurar a transparência do processo eleitoral e a boa gestão dos recursos públicos. Isso é fundamental para a consolidação da democracia e para todo o funcionamento de nossa República.

“Sem os conhecimentos e a atuação dos contadores eleitorais, todo o processo pende de consistência e, até mesmo, de legitimidade. Os profissionais da área são fundamentais para a consolidação de nossa cidadania”, reforça Aécio Dantas Junior.

Com informações Conselho Federal de Contabilidade (CFC)

Compartilhe nas redes sociais

Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias

Copyright © 2021 - 2022 Beteghelli Contabilidade | Desenvolvido por: Sitecontabil